Pequenos negócios são responsáveis por 75% das vagas geradas em janeiro

Levantamento feito pelo Sebrae, com base nos dados do Caged, mostra que segmento criou cerca de 62,4 mil postos de trabalho

Micro e pequenas empresas continuam sendo as principais geradoras de empregos do país. De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o segmento foi responsável, em janeiro, pela criação de 62,4 mil novos postos de trabalho de um total de 83,3 mil, sendo as responsáveis por 74,9% dos empregos formais gerados no período.

As médias e grandes (MGE) apresentaram mais desligamentos do que admissões e fecharam janeiro com saldo negativo de 872 vagas. As pessoas físicas, a administração pública e as entidades sem fins lucrativos criaram 21,7 mil vagas, o que corresponde a um terço da geração dos pequenos negócios. “Criar políticas públicas que beneficiem os pequenos negócios é incentivar a geração de empregos no Brasil. Há meses os pequenos negócios são os grandes responsáveis pela criação de vagas de trabalho. Não se pode falar em crescimento econômico sem apoiar esse segmento”, pontua o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Melles explica que apesar da redução nos números absolutos em relação ao mesmo período do ano passado, os pequenos negócios mantiveram a média de 7 a cada 10 novos empregos no primeiro mês do ano. Comparando com janeiro de 2022, quando houve 93 mil contratações, as MPE apresentaram uma redução de 32,9% no número de postos de trabalho abertos. Já entre as médias e grandes, que tiveram saldo negativo no primeiro mês deste ano, em janeiro de 2022 elas apresentaram saldo positivo de 45 mil novos empregos.

Entre os pequenos negócios dos sete setores da economia analisados, apenas os do Comércio apresentaram um saldo negativo de 53,7 mil postos de trabalho. A Construção foi a que mais gerou novas vagas: 37,9 mil, seguida pela Indústria da Transformação (34 mil), Serviços (33 mil), Agropecuária (11,1 mil) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (Siup) com 146 novos postos. Já as médias e grandes empresas apresentaram saldo negativo em todos os setores, exceto Siup, com a criação de cinco vagas.

Geração de empregos em 2022
Em 2022, a cada 10 postos de trabalho gerados no Brasil, aproximadamente 8 foram criados pelas micro e pequenas empresas. O acumulado do ano ultrapassou 2 milhões de novas vagas, das quais quase 1,6 milhão foram nos pequenos negócios: cerca de 78,4% do total. Em 2021, a participação das MPE no saldo total foi de 77%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
  • http://sv10.hdradios.net:8376/stream
  • NValley Play