Novo ministro do Esporte anuncia a criação de diretoria de esports

O novo ministro do Esporte, André Fufuca, anunciou, em entrevista  que a pasta terá uma diretoria ligada aos esports. A opinião do novo chefe do ministério diverge da antecessora, Ana Moser, que afirmou que os jogos de videogame disputados competitivamente não são um esporte.

O ministro reconhece que a indústria dos esportes eletrônicos vem crescendo e movimentando cifras relevantes, fatos que motivaram a criação de uma área dedicada aos esports.

— Tenho uma visão um pouco diferenciada em relação a esse assunto. A gente considera, sim, os esports como um esporte. A gente vê a capacidade e amplitude que ele tem. Você pode ver a quantidade de torneios que tem em território nacional. É impossível fechar os olhos em relação a essa temática e nós iremos, sim, tratar como esportes, como eu acho que deva ser — afirmou.

A fala de Ana Moser repercutiu mal entre a comunidade dos esports, que têm visão divergente da apresentada pela ex-ministra e consideram que a modalidade é, sim, um esporte. A então ministra também rebateu críticas vindas das redes sociais sobre o assunto e explicou que o assunto deveria ser tema de assuntos “intersetoriais”, não ficando sob a responsabilidade de apenas um dos ministérios.

No ano passado, o Rio de Janeiro foi sede do IEM Major Rio, o Campeonato Mundial do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). A competição teve ingressos esgotados e chegou a ter um pico de um milhão de espectadores simultâneos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
  • http://sv10.hdradios.net:8376/stream
  • NValley Play