Laboratório do café que atenderá produtores do Alto Noroeste será inaugurado em BJI

A responsável pela implantação do laboratório é a EMATER-RIO

Na próxima segunda-feira (14/08), será inaugurado em Bom Jesus do Itabapoana, o Laboratório de Análise Física e Sensorial de Café, o ‘LabEmater’, instalado no escritório local da empresa.

O Brasil é o segundo maior consumidor de cafés do mundo, no Rio de Janeiro, a procura por cafés especiais na região metropolitana é crescente e o interesse pelo setor cafeeiro vem aumentando. Por isso, surge a necessidade de melhorar a qualidade do café produzido na Região Noroeste, que é responsável por mais de 80% da produção de cafés de todo o RJ.

Composta por 13 municípios, a Região tem Natividade, Porciúncula, Varre-Sai e Bom Jesus do Itabapoana, que juntos, possuem 317 cafeicultores cadastrados e totaliza área aproximada de 723 hectares de lavouras de café, como principais destaques na cafeicultura. Essas cidades, inclusive, também serão atendidas pelo laboratório.

Os profissionais do ‘LabEmater’ avaliarão, de forma precisa, as amostras encaminhadas pelo produtor rural, oferecendo a ele a possibilidade de auxílio técnico da EMATER-RIO em relação a melhorias na qualidade do seu produto. A iniciativa visa estimular e aprimorar a produção de café especial no município e na região.

Há expectativa de que o setor econômico também seja alcançado de maneira positiva, aumentando o número de produtores e aperfeiçoando a qualidade do produto já feito na região, como conta a supervisora local da EMATER-RIO, Luisa Junger:

– O Laboratório de Análise Física e Sensorial de Café desempenha um papel de extrema importância tanto para o município quanto para a região do Alto Noroeste do Rio de Janeiro. Seu impacto é significativo ao impulsionar a economia local, garantir a qualidade e segurança do produto e agregar valor à cafeicultura. Como um recurso valioso, contribui diretamente para o crescimento sustentável do setor e a satisfação dos produtores e consumidores, fortalecendo a reputação da região como produtora de cafés especiais – frisou Luisa.

Com objetivo principal de realizar análises físicas e sensoriais de cafés, o ‘LabEmater’ também emitirá laudos e oferecerá orientações técnicas aos produtores do Alto Noroeste do Rio de Janeiro. O presidente da EMATER-RIO, Marcelo Costa, celebra a conquista da empresa ao lançar este projeto:

– É um orgulho a EMATER-RIO ter um laboratório próprio de cafés especiais em Bom Jesus do Itabapoana. É uma localização estratégica, tendo em vista que os municípios vizinhos também produzem cafés de excelente qualidade. Com muito esforço, a cafeicultura fluminense está sendo revitalizada nos últimos anos, essa inauguração evidencia isso – destaca.

A responsável pela implantação do laboratório é a EMATER-RIO, que é vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Seappa, contando com o apoio da Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana.

Dr. Flávio, secretário de Agricultura do Estado, destaca que tal incentivo é fundamental para um atendimento personalizado ao produtor rural no ‘LabEmater’:

– Mais um passo importante para a agricultura fluminense! A inauguração do Laboratório de Análise Física e Sensorial de Café da EMATER-RIO de Bom Jesus de Itabapoana, destaca a importância das parcerias do município e do estado para o desenvolvimento da agricultura e da cafeicultura. Atender e incentivar os cafeicultores e produtores rurais do município é o nosso grande objetivo – ressaltou o secretário.

Da redação da Rádio Natividade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
  • http://sv10.hdradios.net:8376/stream
  • NValley Play